Nota Pública 01/2014 Conversando com as Águas - Crise Hídrica Real

A ONG Caminho das Águas vem através desta nota esclarecer:

1- O relatório preliminar do projeto Conversando com as Águas em Itu é de responsabilidade total e irrestrita da ONG Caminho das Águas.
 
2- A finalidade dos estudos que não são conclusivos em parceria com o CEUNSP é unir atividades de educação socioambiental comunitária com atividades de pesquisa e extensão acadêmica.
 
3- O objetivo do projeto é o desenvolvimento de um Kit Alternativo de emergência e baixo custo para que pessoas comuns possam fazer o seu monitoramento da água, daquela que consome, aprimorando assim a qualidade do bem comum após sua entrega pública.
 
4- Para a construção deste kit o método de coleta escolhido tem sido o de simular a captação de água do ponto de vista do usuário o que realmente implica em muitas possibilidades de contaminação da amostra se o objetivo fosse o mesmo dos orgãos competentes. As análises fisico-químicas e bacteriológicas são de finalidade de pesquisa acadêmica e atendem à todo o rigor científico de excelência necessária, primorosa. Estas pesquisas não tem como objetivo desqualificar o trabalho de nenhuma das entidades competentes, muito pelo contrário, a experiência dos pesquisadores traz consigo a complexidade do tema.
 
5- Os resultados preliminares de nossas amostras extraídas do ponto de vista de um usuário indicaram contaminação por coliformes totais, fecais e termotolerantes. De acordo com a Portaria 2914/11 em seu CAPÍTULO V, Art. 27 e Anexo I, deve haver ausência total de Escherichia coli (indicador de contaminação fecal) para água potável.
 
Assim, visando a Utilidade Pública de toda e qualquer ONG, decidimos iniciar uma campanha espontânea acerca do tratamento de toda e qualquer água coletada em situações de emergência na cidade de Itu.
 
6- Em nenhum momento a ONG Caminho das Águas declara competência técnica para laudos de potabilidade da água distribuída na cidade de Itu. Compreendemos o cenário de emergência e buscamos, solidariamente, agradecer as autoridades competentes o cumprimento da legislação pertinente a um bem comum tão precioso e essencial à vida.
 
7-  Reafirmamos que nossas atividades têm interesse restrito em pesquisa e educação socioambiental - e nós chegaremos a um kit de baixo custo que possa ser distribuído e utilizado em 2015! Trabalharemos sempre por nossos objetivos sociais: Promover e estimular projetos e ações que visem a preservação e a conservação do meio ambiente, bem como a promoção do desenvolvimento sustentável.
 
8- Entendemos que dados abertos é tema de interesse fundamental para a Sustentabilidade de nossa cidade. Lamentamos também os mal entendidos do diálogo mediado/via meios de comunicação e imprensa.
 
9- Mantemos nossa campanha ativa: é de suma importância que as pessoas tratem com 2 gotas de água sanitária por litro de água captada emergencialmente, deixando em repouso por 30 min. Ou ferva a água entre 5 a 10 minutos, aguarde esfriar e chacoalhe ao consumir. Ou use filtros hightech, fitorremediação, etc.
 
10- Paz. A água só nos traz vida.
 
ONG Caminho das Águas, 12 de novembro de 2014